AMOR INIMAGINÁVEL

Postado por Pr. Fernandes profeta de Deus | 10:07 | 0 comentários »

            Talvez a questao mais fundamental nao é quanta teologia estudamos ou quantas passagens
             bíblicas memorizamos. Tudo o que realmente importa é isto. Voce experimentou o anseio
             furioso de Deus ou nao.
                     Essa mesma pergunta levou o brilhante Karl Rahner a profetizar.
                                     
                                    Nos dias que se seguem,ou voce será um mistíco
                                           -alguém que experimentou Deus para valer-,
                                                            ou simplesmente nada.
                                                            
                     Em tempos de perseguiçao, desmorona o cristianismo teórico. A contemplaçao do
             anseio furioso de Deus é elevada a um nível extraordinário naqueles momentos raros e
             inesquecíveis em que nossa fé, esperança e amor sao alçados a um nível nunca antes  ex-
             perimentado por meio da intervençao ativa do Espírito Santo,muito a semelhança de uma
             viagem num barco quando acomete a tempestade. Somos mergulhados em mistério,   ou
             naquilo que Heschel chamou o espanto radical. Desaparecem a vergonha e a percepçao
             exagerada de nós mesmos.Estamos na presença do Mistério inefável acima de todas  as
             criaturas e além de qualquer descriçao.
                     Esses sao momentos de verdade. Voce está na presença única do Único. Os ternos
             sentimentos de Deus por voce nao sao mais um conhecimento estéril.Voce experimenta
             uma certeza do anelo de Deus por intimidade diferente de qualquer coisa que voce tenha
             sentido nos cultos com palmas ou nos estudos ungido das Escrituras. Muitos de nós   re-
             ceberam conhecimento sem valorizaçao,fatos sem entusiasmo. Mas, uma vez encerradas
             as invertigaçoes academicas, percebemos de repente a insignificancia de tudo aquilo.
             Simplesmente de nada importava.
                     Quando a noite é difícil, e meus nervos estao dilacerados, e as ondas quebram sobre
             os lados da embarcaçao, fala a Infinitude. O Deus todo-poderoso compartilha por meio
             de seu Filho a profundidade de seus sentimentos por mim, seu amor cintila em minha alma
             e sou tomado pelo mistério. Sao momentos de kairos-  a invasao resoluta da fúria de Deus
             em minha própria istória de vida.
                     É quando enfrenta uma decisao de grande importancia. Tiritando nos andranjos   de
              meus 74 anos, tenho duas escolhas. Posso escapar furtivamente para o ceticismo e para
              o intelectualismo, agarrando-me a minha preciosa vida. Ou, com um espanto radical, po-
              sso permanecer no convés e corajosamente me por de pé numa fé rendida a verdade de
              que sou amado, absorvido pela fúria arrojada e intensa a que chamam amor de Deus. E
              aprender a orar.       Brennan manning.